DRH-Online
Acesse os Serviços on-line

SAÚDE DO SERVIDOR

DIVISÃO DE ATENDIMENTO DE SAÚDE AO SERVIDOR

Contato: saude@al.sp.gov.br ou pelo telefone (11) 3886-6510 / 6516.

Localização: 3º andar – Sala 321.

Alcance: Deputados, servidores ativos, estagiários e aposentados da ALESP.

Para atendimento: apresentar crachá funcional ou qualquer documento oficial de identificação com foto.

COVID-19

  • Sempre comunicar os casos suspeitos ou confirmados de COVID-19 à Divisão de Atendimento de Saúde ao Servidor
  • Em caso de início de sintomas durante o horário de trabalho, comparecer à Divisão de Saúde para atendimento médico; caso passe por atendimento em serviço de saúde externo, enviar resultados de exames / atestados para saude@al.sp.gov.br

ATENDIMENTO MÉDICO

  • Atendimentos preventivos, consultas clínicas, pronto-atendimento e atendimento de urgências e emergências no âmbito da ALESP.
  • Consultas de acompanhamento devem ser agendadas.

ATENDIMENTO ODONTOLÓGICO

  • Atendimentos programados e de urgência nas áreas de:
    • Dentística (restaurações);
    • Periodontia (tratamento da gengiva);
    • Cirurgia (extração de dentes erupcionados);
    • Endodontia (apenas urgências - alívio de dor e encaminhamento);
    • Radiologia (radiografia intraoral).
  • As consultas são agendadas no mesmo dia do atendimento.

ATENDIMENTO DE ENFERMAGEM

  • Realizam os seguintes procedimentos:
    • Verificação de sinais vitais (pressão arterial, frequência cardíaca, temperatura);
    • Curativos e retirada de pontos;
    • Administração de medicamentos, glicemia capilar e realização de eletrocardiograma, mediante prescrição médica.
    • Orientações de enfermagem relacionadas a doenças crônicas, tratamentos indicados, imunização, hábitos de vida saudáveis

ATENDIMENTO PSICOLÓGICO

  • Visa colaborar com a saúde e bem estar dos servidores, ajudando-os a minimizar os riscos de agravamento do sofrimento psíquico e das problemáticas vividas.
  • A Avaliação Psicológica é importante na medida em que o sofrimento psíquico, por ser desencadeado por múltiplas causas como adoção de estilos de vida inadequados, o enfrentamento de situações de crise e até mesmo a presença de uma vulnerabilidade psicoemocional, pode se intensificar e levar ao adoecimento físico e mental, dificultando ainda mais a possibilidade de se tomar decisões adequadas.
  • Atendimentos devem ser agendados pelo e-mail: psicologiadsas@al.sp.gov.br

PERÍCIAS

  • Avaliação e concessão de licenças - saúde médicas e/ou odontológicas;
  • Exame Admissional;
  • Avaliação nos casos de acidente;
  • Realização de perícia para fins de concessão de isenção de imposto de renda na fonte e aposentadoria por invalidez.

CAMPANHA DE VACINAÇÃO

  • Vacinas oferecidas: Gripe (Influenza), esta somente para grupos prioritários; Hepatite B; Difteria e Tétano (Dupla Adulto); Sarampo, Caxumba e Rubéola (Tríplice Viral).
  • Público-Alvo: As vacinas são oferecidas a deputados, servidores ativos, aposentados, estagiários, funcionários terceirizados e prestadores de serviços.
  • Período de realização das Campanhas: A vacina contra Gripe (Influenza) é oferecida uma vez ao ano para pacientes pertencentes aos grupos de risco, de acordo com as normatizações do Ministério da Saúde. A vacinação contra Hepatite B, Difteria e Tétano (Dupla Adulto) e Sarampo, Caxumba e Rubéola (SCR) ocorre três vezes ao ano. As datas de todas as campanhas são amplamente divulgadas através dos canais de comunicação disponíveis na ALESP.

  • IMPORTANTE! PARA SER VACINADO NA DIVISÃO DE ATENDIMENTO DE SAÚDE AO SERVIDOR, TRAGA UM DOCUMENTO ORIGINAL COM FOTO E SEU CARTÃO DE VACINAÇÃO! Ao trazer a carteirinha, além de poder ser dispensado de receber alguma(s) vacina(s), você colabora para um atendimento mais ágil, evitando filas de espera.

  • Esquema vacinal: : Para ganhar imunidade às doenças, são necessárias:
  • 1 (uma) dose anual da vacina contra gripe;
  • 3 (três) doses da vacina contra hepatite B, sendo a última 6 meses após a primeira;
  • 3 (três) doses da vacina Dupla Adulto (contra difteria e tétano), sendo a última 6 meses após a primeira, e uma dose de reforço a cada 10 (dez) anos;
  • 1 (uma) dose da vacina Tríplice Viral (contra sarampo, caxumba e rubéola, apenas para nascidos a partir de 1960. Para pessoas de 20 a 29 anos, são necessárias 2 (duas) doses;

  • Registro das doses recebidas: A Divisão de Atendimento de Saúde ao Servidor possui um banco de dados eletrônico em que são inseridas todas as doses de vacinas aplicadas na ALESP e, quando possível, também aquelas que o servidor recebeu em outros locais. Isto é um controle importante da situação vacinal dos servidores e auxilia quando o servidor perde seu cartão de vacinação, pois permite que se emita uma segunda via. Para ter seus dados vacinais cadastrados em nosso banco de dados, traga uma cópia do seu cartão de vacinação ao Serviço de Saúde.
  • Impedimento temporário para doação de sangue: O paciente vacinado fica inapto para doação de sangue por:
  • 48 horas, quando recebe as vacinas contra hepatite B, gripe e antitetânica;;
  • 30 dias, quando recebe a vacina tríplice viral.
  • Informações sobre a vacina contra Febre Amarela:
  • A Divisão de Atendimento de Saúde ao Servidor não realiza vacinação contra febre amarela. Informações sobre a vacina podem ser obtidas nos sites do Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE-SP) e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). A relação dos postos de vacinação contra febre amarela e de emissão do Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia pode ser consultada nos links abaixo.
  • Postos de vacinação: http://www.saude.sp.gov.br/resources/cve-centro-de-vigilancia-epidemiologica/unidades-de-referencia/fa/posto_fad1.htm
  • Postos de emissão do Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP): http://portal.anvisa.gov.br/civp/unidades-emissoras
  • Em caso de dúvidas, entre em contato com a Divisão de Atendimento de Saúde ao Servidor, pelos ramais 6510 ou 6516.

SEMANA DA SAÚDE

  • Evento anual realizado pelo Departamento de Recursos Humanos, através da Divisão de Atendimento de Saúde ao Servidor, que tem como objetivo conscientizar os deputados, servidores ativos e aposentados, estagiários, além de funcionários terceirizados e prestadores de serviços da Assembleia Legislativa sobre a importância da adoção de comportamentos saudáveis e da promoção e prevenção em saúde.

EXAMES OCUPACIONAIS

  • A Divisão de Atendimento de Saúde ao Servidor, objetivando assegurar a promoção e a preservação da saúde dos servidores da ALESP, realiza os exames ocupacionais dos servidores ativos, em consonância com o disposto na Norma Regulamentadora Nº 7, publicada pela Portaria nº 3.214/78, e com o disposto na Ordem de Serviço DRH nº 1/2019.
  • Os exames ocupacionais, a serem realizados pela Divisão de Atendimento de Saúde ao Servidor, compreendem a realização obrigatória dos seguintes exames médicos:
  • I - admissional: é realizado pelo nomeado precedentemente à assunção de suas funções e atividades, mais precisamente no dia em que comparece para posse e entrada em exercício.
  • II - periódico: é realizado em periodicidade anual ou bienal, a depender da faixa etária na qual se encontre o servidor e do tipo de atividade que desempenhe.
  • III - de retorno ao trabalho: é realizado impreterivelmente no primeiro dia de regresso à atividade, nos casos de afastamento por motivo de saúde, por período igual ou superior a 30 (trinta) dias ou na hipótese de afastamento para o Instituto Nacional do Seguro Social.
  • Observação: Os servidores ocupantes de cargo exclusivamente em comissão são encaminhados ao INSS nos casos de afastamento por motivo de saúde que tenham períodos superiores a 15 dias, consecutivos ou não, dentro de um intervalo de 60 dias, desde que seja pela mesma causa. Este servidor deverá apresentar à Divisão de Saúde o Comunicado de Decisão do INSS; passar, obrigatoriamente, por inspeção médica na DASS, antes do retorno ao trabalho; e apresentar documentações complementares (exames, relatórios médicos), conforme solicitado pela equipe médica da Divisão de Atendimento de Saúde ao Servidor.
  • IV - de mudança de função: é realizado antes da data da alteração funcional, quando implicar exposição do trabalhador a risco diferente daquele a que estava exposto antes da referida mudança.
  • V - inspeção médica e/ou odontológica: é realizado mediante apresentação de atestado médico ou odontológico para concessão de licença, consoante regrado no Ato nº 30/2010.
  • Os exames ocupacionais englobam avaliação clínica, abrangendo anamnese ocupacional e exame físico e mental; e a realização de exames complementares.